Home
EBA
Design
Interiores
Morro do Leme Aterro do Flamengo Pão de Açúcar Jardim Botânico Corcovado Floresta da Tijuca Forte de Copacabana Enseada de Botafogo




O Rio de Janeiro

No mar estava escrita uma cidade.
Carlos Drummond de Andrade.


O Rio é, desde julho de 2012, Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural - cujo valor está no atributo qualitativo que pela primeira vez mesclou sob esse título a paisagem natural, a paisagem construída e as manifestações culturais do carioca.

Íntima relação se firmou entre seu morador e o entorno natural e urbano. Abençoado pelo Cristo Redentor - reconhecido como uma das sete maravilhas do mundo moderno - o carioca se constrói na paisagem; sol e vento costuram o seu dia, definem a praia: ondas, veleiros, surfistas, mergulhos. Nas areias, descansa e se colore. A bola, elemento singelo, induz lazeres: o frescobol, o futevôlei, o futebol. A caminhada, os passeios
de bicicleta, o arco-íris das frutas, seu cheiro, nas feiras livres. E o pregão brejeiro: moça bonita não paga, mas também não leva. Na montanha,
a trilha, o parapente, a asa delta. Um único céu. Seduzidos, os cariocas estabelecem com a rua relação íntima.

Bares e botequins, pontos de referência, convívio: a conversa fiada, a discussão acalorada, a conquista. Rodas de samba permeiam a cidade,
seus redutos os mais variados. O Rio, musical, canta a si, vaidoso. Sua voz ouvida longe, muito longe, nas canções da Bossa Nova.

Nas festas e procissões, reverência ao padroeiro São Sebastião - Odé, Oxossi . E a proteção de São Jorge - Ogum , o santo guerreiro. Na Penha, o degrau vencido a pé ou de joelhos - súplica ou graça alcançada.

Escolas de Samba atravessam a avenida, enquanto blocos irreverentes - tecem os bairros: a fantasia, o mundo livre, onde por vezes João é Maria. Ilusão. Alegria. É Carnaval.


Ecila Cirne e Nora Geoffroy

 


Site oficial do Curso de Composição de Interior - UFRJ. Projeto gráfico, textos e conteúdos por Ecila Cirne e Nora Geoffroy. Desenvolvimento Web por Celeste Maldonado